relevant to orgasm, absence of African mango diet pills african mango
ago 12

cartaz2

No dia 14 de agosto acontece no Salvador Shopping a 8ª Feira de Miniempresas.

O evento é realizado pela Junior Achievement, associação educativa mantida pela iniciativa privada, que tem o objetivo de despertar o espírito empreendedor dos jovens, aplicando programas práticos de educação econômica nas escolas.

O intuito do projeto é oferecer uma oportunidade aos alunos, do Ensino Médio, de lançarem seus produtos no mercado. A feira acontece das 09h às 22h, na Ala de Serviços G116 e conta com a participação de 16 miniempresas.

ago 10

O vírus da moda. A principal notícia dos telejornais.

A mídia mostra a Gripe Suína, os problemas patológicos, seu alastramento, quem faz parte do grupo de risco e como devemos nos comportar para evitar a transmissão. Mas…

Qual informação não mostram os meios de comunicação? O que se esconde por trás da GRIPE SUÍNA?

Vídeo indicado pela professora Tânia Cordeiro.

Se você não estiver visualizando o vídeo acesse: http://www.youtube.com/watch?v=CcgCBiyGljM

ago 07

Por meio do projeto Comunicação Comunitária em Juazeiro e Sertão do São Francisco, a Uneb promove o Encontro de Formação em Comunicação Comunitária. A proposta do evento é discutir emissoras comunitárias no Brasil, enquanto pólo de democratização e produção da informação.

Preocupações em torno da criação de espaços midiáticos alternativos também formam alicerces para a construção de novos projetos. O intuito é inverter pautas da grande mídia e conseqüentemente (re) construir as identidades sociais criadas e multiplicadas por outros meios de comunicação.

O Encontro “… insere-se nessas ações, voltadas para a formação dos/as comunicadores/as comunitários/as, aproximando o Estado dos movimentos sociais e das Universidades.”

Maiores informações:

Acessar o site da Uneb: www.uneb.br

Entrar em contato com Profª Ceres Santos
(71) 3375155/ 81066058 /ceressantos@terra.com.br

Fonte: Assessoria da Diretoria do DCH/Campus III/UNEB - Juazeiro

ago 06

cartaz-relampagos-2009

Everton Lima e o professor Délcio dos Santos Gama, nossos colegas unebianos, convida-nos a participar do espetáculo 20 anos sem Raul!

Em 1961 em meio ao movimento bossa nova que explodia no Brasil, Raul monta sua primeira banda, Os Relâmpagos do Rock, que mais tarde passou a ser Raulzito e os Panteras.

Hoje, após 48 anos da formação, Os Relâmpagos do Rock apresentam seus velhos integrantes (Avôs, professor, engenheiro, auditor fiscal e mestre). A banda mostra o que se ouvia na época do início da carreira de Raul Seixas, no final dos anos 50 e início dos anos 60, como também tira proveito para homenageá-lo com um show. A apresentação acontece em 20 de agosto de 2009, às 20 horas, no Teatro Vila Velha, na véspera dos 20 anos de seu desenlace, momento em que ele deixa a vida neste planeta e entra para a posteridade. 20 MIL ANOS COM RAUL.

Evento - 20 anos sem Raul c/ a 1ª banda de Raul Seixas Relâmpagos do Rock
Onde – Cabaré dos Novos / Teatro Vila Velha – Passeio Público / Campo Grande
Quando – Dia 20/08/2009(Quinta-feira) ás 20:00h.
Quanto – R$ 20,00(Inteira) e R$10,00(Meia)
Mais informações: Everton Lima (Produtor Cultural): 87274568, 88497713, 33630435, 99047508, 91338023.

ago 06

cinema1

“A minha sala de aula é um centro de cultura. Este é o papel de todo educador”. A frase é do professor Raimundo Costa, do Curso de Ciências Contábeis, que exibirá nos dias 07 e 14 de agosto os filmes Camille Claudel e Frida Kahlo, na sala 12 do DCH I – Salvador.
Camille Claudel é ambientado em Paris e narra a história da escultora que impressionada com a arte de Auguste Rodin tornar-se sua aprendiz, assistente e depois amante, entrando em conflito com sua família. Após 15 anos de relacionamento o romance acaba e Camille mergulha na solidão.
Frida Kahlo conta a história de um dos principais nomes da história artística do México, seu casamento com Diego Rivera e o confuso romance com o político Leon Trostky.

Quer conferir? Passa lá!

ago 04

ideias

Uma boa ideia é participar do Concurso Ideias Inovadoras 2009. Com apoio da Secretaria de Ciência e Tecnologia – SECTI e da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia – Fapesb o governo do Estado premia a criatividade de estudantes de educação profissional, graduandos, mestrandos, doutorandos, pesquisadores e inventores independentes.
Serão contemplados 18 projeto por meio de premiação em dinheiro no valor total de R$ 96.000,00 (noventa e seis mil reais). Os critérios de avaliação utilizados serão: ineditismo, aplicação prática, apresentação, impactos e mercado potencial da inovação, além do perfil do empreendedor.
As inscrições serão feitas somente via internet (http://www.fapesb.ba.gov.br/) e o preenchimento do formulário poderá ser feito até o dia 18/09/2009, às 18:00 h (horário local). A data limite para o envio das propostas é até o dia 21/09/2009. Lembrando que o edital do concurso já foi lançado! Quer mais informações? Acesse www.fapesb.ba.gov.br , escreva para inovação.uneb@gmail.com ou ligue (71) 3117-2414/2474.

A sugestão é de Carla Fontoura, estudante de Comunicação Social.

ago 03
arquivo google

Imagem: arquivo google

Circo dos Horrores

Antes de qualquer coisa, peço desculpas a todos os profissionais, amadores e amantes da arte circense. A comparação entre umas das coisas mais belas que a criatividade humana já pôde produzir, e a programação matinal da tv aberta brasileira, é no mínimo irresponsabilidade de minha parte. Mas perdoem este iniciante das letras, é que me falta criatividade no momento. Fora a seqüência de louras que transpiram futilidade e desinformação em seus programas, que trazem no nome referência a coisas boas, e na prática são exatamente o contrário, em especial o que me chamou atenção foi a programação voltada à criança. “O futuro do país”.
De antemão vou logo dizendo que sou saudosista. Não consigo enxergar beleza na grande maioria dos desenhos animados da atualidade. Desde o famoso Castelo Ra-tim-bum, Cocóricó, As venturas de Rintintim, Duck Tales, Doug, Thunder cats,Carmem San Diego, O homem Aranha, A liga da justiça, Caverna do dragão e uma infinidade de bons programas/desenhos que mesmo adultos, assistiríamos tranquilamente, sem que sentíssemos que estão tentando por em dúvida nossa inteligência, não vejo nada de proveitoso na atual seqüência de desenhos. Pensando nisso é que me pergunto se “Junior” (meu possível filho) se tornará uma criança que, desde cedo será programado a ser um adulto embasbacado, consumista e violento?
A programação para a criança é um desrespeito não somente ao ser “do ente” como diria Sartre, mas uma violência absurda contra o processo de formação da inteligência apontada por Piaget. Talvez (mesmo sendo uma suposição teleológica) esteja ai um dos agravantes das mazelas sociais de nosso país. Afinal como diria minha avó “é de pequeno que se faz o homem” e é do conhecimento de todos que a personalidade se forma seguindo esta lógica.

Vilões “comestíveis”
Como se não bastasse a tosca lógica dos atuais desenhos assistido pelas crianças, onde o que se vê são valores como competitividade e coisas fúteis, vomitados diariamente num nível exorbitante. Os intervalos da programação estão recheados por uma brainstorm (diria ácida) de propagandas que tentam transformá-las em mais um cidadão com poder de consumo. Ou ao menos com poder de influência para convencer seus pais a comprarem, a Barbie, Suzi, carro da hot wheels ou comer um Mc-lanche Feliz que vem com um boneco do Shrek ou qualquer outro desenho, que faça com que as crianças o queiram e de quebra, se alimentem com algo que certamente fará um mal absurdo ao seu organismo.
Aos entusiastas do capitalismo e seus desmembramentos, sugiro que o “reobserve” sob ótica da qualidade ética da publicidade voltada para criança. Não somente por que considero que infelizmente, a grande maioria das campanhas publicitárias veiculadas nas mídias, trazem um apelo psicológico que beira a proposta pelos seguidores da teoria hipodérmica. Mas sim por que esse tipo de pedagogia às avessas só contribuirá para que cada vez mais nossa sociedade perca seu sentido gregário, marca relevante de nossa “humanidade”… Se é que ela ainda existe.

Por Emerson Leandro

Estudante de Comunicação Social