relevant to orgasm, absence of African mango diet pills african mango
nov 29

sem-titulo3

Você conhece o Anipolítan? Se sua resposta foi não, chegou a hora de conhecer! E quem vai guiá-los? A turma de Comunicação Social/Relações Públicas da UNEB.

Nesse final de semana você está convidado para curtir e conhecer um pouco da cultura popular oriental num evento todo especial organizado pelo grupo Anipolítan, que anualmente marca presença na cidade.

Nesta edição, além das já consagradas atrações Batalha Campal e espaço exclusivo para jogos eletrônicos de última geração, há a possibilidade de interação e diversão. O evento contará também com a presença dos dubladores Wendel Bezerra (voz de Goku, Jackie Chan, Bob Esponja), Wellington Lima (voz de Majin Boo, Dohko de Libra, Tao Pai Pai) e a oficina de culinária japonesa, a grande novidade do ano é o seu novo formato, planejado especialmente para oferecer uma nova experiência interativa para o público. Se interessou? Então fique ligado! O Anipolítan 2012 ocorre nos dias 01 e 02 de dezembro no estacionamento do Aeroclube, das 10h ás 19h. Mais informações acesse o site: http://www.anipolitan.com.br/ev_2012/

nov 29

image002

Nesse final de semana teremos uma pitada da cultura popular oriental na Bahia. O Grupo Anipólitan traz a possibilidade de interação e diversão através das já consagradas atrações Batalha Campal e espaço exclusivo para jogos eletrônicos de última geração. Nesta edição, além da presença dos dubladores Wendel Bezerra (voz de Goku, Jackie Chan, Bob Esponja), Wellington Lima (voz de Majin Boo, Dohko de Libra, Tao Pai Pai) e a oficina de culinária japonesa, a grande novidade do evento é o seu novo formato, planejado especialmente para oferecer uma nova experiência interativa para o público. O evento ocorrerá nos dias 1 e 2 de dezembro no estacionamento do Aeroclube, das 10h às 19h. Mais informações acesse o site: http://www.anipolitan.com.br/ev_2012/

Dica sugerida por Dagmar Barbosa, Ex-estagiária da Ascom/UNEB.

Para ler a TR na íntegra, clique aqui!

nov 27

Para estudantes da UNEB.

A Universidade do Estado da Bahia - UNEB está recrutando 01 (um) estagiário de Relações Públicas para atuar no Cerimonial e Teatro UNEB, do campus de Salvador.

Período: A partir do 2º semestre;
Carga horária: 20 horas semanais (04 horas diárias - 8h às 12h);
Remuneração: R$ 400,00 + transporte.

A seleção incl

ui:
1) análise de currículo;
2) entrevista e preenchimento de questionário.
Obs. Somente os candidatos selecionados na análise de currículo serão convocados para a segunda parte da seleção.

Os interessados deverão encaminhar curriculum para o endereço: lbahia@uneb.br, até o dia 14/12/2012.

nov 27

Os estudantes dos 4° semestre de administração da UNEB convidam:

cartaz_a3_ii

nov 26

logomarca

O grupo de pesquisa Populações negras em parceria com os Colegiados de História, Letras e Pedagogia, realizará no próximo dia 28 de Novembro a III Semana da Consciência Negra – I Colóquio Populações Negras do Departamento de Educação – campus XIII. O Evento traz como tema “ Construindo uma Universidade Plural”, fazendo uma reflexão para a necessidade cada vez maior da Universidade refletir o caráter diverso da população brasileira.

A palestra de Abertura irá abordar o tema “Políticas de Ações Afirmativas: desafios e perspectivas” e será proferida pela coordenadora do Projeto A cor da Bahia, a Prof.ª Dr.ª Paula Cristina Barreto.

Maiores informações:  neildes.19@hotmail.com

nov 20

consciencia3

nov 09

Texto: Ricardo Voltolini

Já se vão lá 25 anos e a advertência do meu primeiro empregador ainda ecoa nítida na minha memória: “Você é competente, bem formado e criativo. Mas muito idealista. Para ter sucesso na empresa terá de deixar os seus valores do lado de fora.”

À época, entendi a frase como uma ameaça. E, provavelmente, era essa mesmo a intenção do homem: que eu simplesmente aceitasse as regras do jogo, sem ideias dissociadas do negócio, já que não havia espaço na empresa – e isso ele fez questão de deixar claro – para tratar, por exemplo, de responsabilidades sociais, um tema com o qual já namorava, ainda que desinformada e timidamente.

Não “havia”, vale enfatizar o verbo no passado. Os tempos são outros. A realidade mudou. O mesmo garoto que foi censurado por seus arroubos idealistas – sim, o mesmo, apesar dos cabelos grisalhos – hoje tem sido contratado por empresas para falar às jovens lideranças que seus valores pessoais e suas convicções éticas são muito bem-vindos nas organizações. Mais do que isso, são fundamentais nesses tempos em que as empresas se esforçam para ser mais sustentáveis, mudando processos, práticas e estratégias na direção de buscar intersecções entre os interesses do lucro e os interesses do planeta e da sociedade.

Quando debatida na empresa, a noção de sustentabilidade é, sobretudo, um processo – arrisco dizer – de reumanização dos negócios, de reflexão sobre limites éticos, de autoanálise dos dilemas de um sistema com falhas já reconhecidas, que gera riqueza, mas esgota recursos naturais e produz mudanças climáticas e desigualdade social. Ótima oportunidade para quem tem crenças firmes e pauta sua vida por elas.

Se você, jovem profissional, já fez ou faz algum tipo de trabalho voluntário, exercitando solidariedade, altruísmo e interesse pelo outro, esteja certo de que isso será visto, cada vez mais, como uma competência desejável e valorizada nas empresas. Conta pontos.
Se você se indigna com toda e qualquer forma de desperdício – de tempo, energia, água e outros recursos naturais – e gosta de fazer mais com menos, por convicção, festeje. Chegou o seu tempo.

Se você compreende que a atividade empresarial gera impactos socioeconômicos positivos e negativos e que é seu dever reduzir ou eliminar os segundos, está pensando exatamente como as melhores empresas e as líderes.

Se você respeita a diversidade por princípio, convive bem com a divergência de opiniões, sabe ouvir, evita julgamentos baseados em preconceitos, pratica virtudes aristotélicas como a verdade e considera a transparência um valor importante, então possui diferenciais de comportamento crescentemente bem-vindos.

Nunca é demais lembrar: formação acadêmica é e sempre será fundamental, até porque – como já disse a sabedoria popular – sem competência não se estabelece. Mas os valores que formam o seu caráter, a sua atitude, o seu propósito, a maneira como encontra significado em seu trabalho também são. Saber ser é, portanto, tão importante quanto saber fazer.

Entendo aqueles que, a esta altura do texto, com base em suas experiências pessoais, estejam enxergando excesso de otimismo ou ingenuidade na visão do articulista. Mas o que digo se baseia em conversas com os mais importantes líderes empresariais do país. Se você trabalha numa empresa que não valoriza os seus valores – pior até, que não tem valores conhecidos de todo o quadro de funcionários – está na hora de procurar um lugar de mais futuro.

Sustentabilidade

Onde trabalhar

Há diferentes postos de trabalho relacionados à sustentabilidade. Muitas empresas de grande porte têm departamentos ou áreas de sustentabilidade, com uma estrutura que inclui de gerência a analistas e estagiários. O nome pode variar entre Responsabilidade Social, Responsabilidade Socioambiental ou Sustentabilidade. Às vezes, apenas Gestão Ambiental. E as funções também, dependendo da atividade da empresa—na indústria, por exemplo, a ênfase recai sobre os aspectos da gestão de processos. Mas essas áreas se incumbem quase sempre de gerir ações de relacionamento com a comunidade, monitoramento de ecoeficiência, análise de ciclo de vida de produtos, educação ambiental, economia de recursos como água, energia e papel, programas de resíduos, elaboração de relatórios e iniciativas para reduzir impactos socioambientais na cadeia produtiva.

Muitas médias empresas também começam a contratar profissionais para cuidar de questões específicas ligadas à gestão ambiental. Por exemplo: no ano passado foi criada a Política Nacional de Resíduos Sólidos que vai obrigar as empresas a assumir responsabilidades em relação à destinação do lixo produzido ao final do uso de seus produtos. Há empresas em que sustentabilidade subiu degraus na estrutura, chegando ao nível de diretoria estratégica e até vice-presidência. Nelas, costuma-se contratar profissionais de diferentes formações, como Engenharia, Administração de Empresas, Biologia, Comunicação e Marketing.

Até as empresas pequenas estão se envolvendo com o tema, especialmente as que fazem parte da cadeia de valor de grandes empresas. Órgãos públicos, institutos e fundações também estão contratando pessoas para trabalhar com temas socioambientais.

Qual a formação

Não existe uma regra. Há profissionais de diferentes formações atuando em sustentabilidade nas empresas até porque o conceito, por ser transdisciplinar, se tornou transversal nos negócios. Nas cidades e nos campos. Se você é engenheiro ou arquiteto, há cada vez mais alternativas na área da construção sustentável. Os engenheiros mecânicos, eletrônicos, agrônomos e de produção vêm sendo convocados para repensar processos e sistemas e para desenvolver tecnologias menos impactantes ao planeta. Biólogos têm sido chamados para cuidar da conservação e preservação de ecossistemas. Administradores de empresa estão envolvidos na implantação de códigos de conduta e na gestão de cadeias de fornecedores, para assegurar a conformidade destes em relação aos princípios e valores de sustentabilidade da empresa. Sociólogos e antropólogos participam de processos de escuta ativa das comunidades impactadas pela ação da empresa.

O que não falta é trabalho. Observando as empresas, é possível verificar a existência de profissionais formados nas ciências humanas, biológicas e exatas. Uma pós-graduação mais específica, em gestão ambiental ou sustentabilidade, é fundamental na medida em que oferece uma noção mais ampla de conceitos e abordagens praticados no mundo empresarial.

Onde estudar

Com a ascensão do tema sustentabilidade, a maioria das universidades e faculdades brasileiras já considera os conteúdos específicos nos programas de graduação. São muitas também as ofertas de pós-graduação, com programas que combinam conhecimentos técnicos e de gestão. Escolha o que fizer mais sentido em relação aos seus objetivos profissionais. Há ofertas interessantes na Fundação Dom Cabral, Fundação Getúlio Vargas, FIA, Unicamp e Senac-SP, para ficar em alguns exemplos. Pesquise as alternativas em escolas de sua região, avalie os currículos (devem estar sintonizados com atuais discussões do mercado) e os professores (precisam ter experiência comprovada na área), cheque o retorno com quem já fez o curso e selecione o programa que vai lhe trazer os conhecimentos de que necessita para trabalhar agora com o tema numa empresa, no governo ou numa organização sem fins lucrativos.

Ricardo Voltolini é diretor-presidente da Ideia Sustentável: Estratégia e Inteligência em Sustentabilidade (www.ideiasustentavel.com.br), idealizador da Plataforma Liderança Sustentável e autor do livro “Conversas com Líderes Sustentáveis” (editora SENAC-2011) Ideia Sustentável é uma consultoria que educa pessoas para a sustentabilidade e ajuda as empresas a inserirem sustentabilidade na cultura do negócio e a comunicar o valor para diferentes públicos de interesse.

nov 07

O Centro Acadêmico de Relações Públicas da Universidade do Estado da Bahia informa que promoverá, nos dias 22 e 23 de novembro de 2012, a Uneb Mostra Arte 2012, ou simplesmente UMA, evento que consiste na exibição de diversas modalidades artísticas – música, dança, teatro e poesia.

A UMA 2012 será realizada no Teatro Uneb em seus dois dias, inteiramente gratuita, mesclando apresentações de diferentes categorias e grupos; a inscrição de pessoas e grupos no evento é livre, necessitando apenas que sejam indicados oficialmente por um membro de um dos segmentos da universidade.

As inscrições estão sendo realizadas até o dia 12 de novembro de 2012 e podem ser feitas presencialmente com os membros do Centro Acadêmico de Relações Públicas ou via e-mail oficial do evento; em ambos os casos, deverá ser apresentada a ficha de inscrição devidamente preenchida.

A ficha de inscrição pode ser encontrada neste link. É importante também ler o regulamento do evento. O e-mail oficial da UMA é unebmostraarte@gmail.com.

Texto: C.A.R.P.

nov 07

Com o objetivo de discutir assuntos do cotidiano e que são de extrema relevância social, o campus XV, Valença, realiza mais uma edição do ‘Por do Sol’. Desta vez o evento acontece em ritmo de festa, pois o projeto está completando o seu 1° ano de vida. Não fique de fora!

1-ano-de-por-do-sol

nov 06

sem-titulo2

O Cine Arts é um projeto de extensão em regime de cooperação interisntitucional e interdepartamental, articulando esferas do poder público, organizações da sociedade cívil e órgãos da UNEB, tendo como objetivo a qualificação profissional através de sete oficinas: Oficina de Roteiro, Oficina de Interpretação para TV e Cinema, Oficina de Realização Audiovisual, Oficina de Produção, Oficina de Direção de Arte, Oficina de Captação e Design de Som além da Oficina de Montagem e Finalização.

As inscrições estão abertas e vai até o dia 12 de novembro de 2012. Os interessados devem acessar o site www.cinearts.com.br e realizar sua inscrição on line.

As oficinas serão gratuitas com carga horária de 128h comprovadas com certificados emitidos pelo NUPE/PROEX/UNEB.

As vagas são limitadas e as aulas ocorrerão uma vez por semana no turno noturno, durante oito meses, tendo início no dia 06 de dezembro de 2012, Prédio II do Departamento de Ciências da Vida/UNEB.

Além de atuar com oficinas profissionalizantes o Cine Arts também é uma rede de produção, distribuição e exibição do audiovisual. Hoje o projeto vem atuando também com redes de criação e desenvolvimento de roteiros, produção de filmes e seriados para formato televisivo, além de web series, distribuindo e exibindo todos os conteúdos criados nas suas oficinas.

Através das iniciativas formativas um dos objetivos é gerar a sustentabilidade de grupos de realizadores, unindo os diferentes saberes e idéias com utilização das mais novas tecnologias de baixo custo para a realização de filmes. Através do site www.cinearts.com.br o projeto também objetiva distribuir conteúdos audiovisuais interagindo diretamente com o público internauta, trazendo uma diversidade de idéias que reúnem diferentes linguagens, gêneros cinematográficos e formatos. Hoje em sua terceira edição mais amadurecido o Cine Arts trás uma proposta mais desafiadora se tornando uma vitrine de criação, exibição e propagação de conteúdos audiovisuais valorizando a interatividade e o trabalho em grupos colaborativos.

O Cine Arts é uma realização da Vision Produção e Imagens e patrocínio do PROGRAMA BANCO DO NORDESTE DE CULTURA /PARCERIA BNDES – EDIÇÃO 2012, tendo como parceiros a Universidade do Estado da Bahia – UNEB, Proreitoria de Extensão – PROEX, Departamento de Ciências da Vida – DCV e o Núcleo de Pesquisa e Extensão – NUPE. Seus apoiadores são: A Associação Baiana de Cinema e Vídeo - ABCV, Cine Mais Cultura/Ministério da Cultura, Max Informática e Manada Confraria de Arte.

INFORMAÇÕES:

Tel: 71 9917-4016 (de segunda a sexta das 10h às 12h e das 14h às 17h)

Site: www.cinearts.com.br

E-mail: oficinascinearts@gmail.com.br