E O GANHADOR É… 16 DIAS DE ATIVISMO PELO FIM DA VIOLÊNCIA CONTRA AS MULHERES
nov 20

ed-89

Dica da Semana

Como parte das comemorações pelo Dia da Consciência Negra acontece de 19 a 22 de novembro a Semana de Cultura do Benin na Bahia. Por que o Benin? Bom, o Benin fica na costa da África Ocidental, e é um referencial para entendermos a nossa africanidade. Então, nada mais justo que aproximar as duas culturas e buscar formas para entendermos ainda mais nossas raízes e identidade.

Durante a Semana, que é uma iniciativa da Fundação Cultural Palmares/MinC, serão desenvolvidas diversas atividades como palestras, shows, oficinas e mostras, de quinta a domingo, no Pelourinho e áreas próximas.

Entre as atividades destaca-se a exposição Benin está vivo ainda lá - ancestralidade e contemporaneidade, que acontecerá no Museu Nacional da Cultura Afro-Brasileira (que só será oficialmente aberto em 2010), na Rua do Tesouro, a partir das 19h para convidados.

A Semana do Benin conta ainda com o seminário Identificando o Benin na Bahia, que começa às 9h no Centro de Estudos Afro-Orientais da Ufba, no Largo Dois de Julho, e reúne estudiosos sobre o país africano. Na sexta, acontece uma missa especial, às 11h, na Igreja do Bonfim, com participação do Coro do TCA, além de oficinas de culinária (Casa do Benin) e dança das Guèlèdès (Espaço Cultural da Barroquinha). À noite, o destaque é o Circuito Benin na Bahia, no Largo do Pelourinho, a partir das 18h, com apresentações do Balé Nacional do Benin, dos grupos Gêge Nagô e Afrobatá, do cantor Jau e da cantora Margareth Menezes.

No sábado, o Balé Nacional do Benin ministra workshop apenas para companhias de dança, no Teatro Miguel Santana. Na segunda noite do Circuito Benin na Bahia, no mesmo local e horário, temos Bourian (Benin), Barlavento e Juliana Ribeiro; além de Rave Benin - Eletrocooperativa, no Teatro Miguel Santana. No domingo, fechando a programação, haverá uma conferência para iniciados no Terreiro no Bogum e uma visita ao Ilê Axé Ôpô Afonjá. Na parte festiva, tem o show Olodum recebe o Benin no pôr-do-sol, congraçamento entre todos os artistas baianos e o Balé do Benin no palco.

Para se inscrever nas oficinas os interessados devem acessar o site da fundação Palmares www.palmares.gov.br

Por Janine Falcão, Relações Públicas da Ascom/UNEB.

Para ler a TR na íntegra, clique aqui!

Leave a Reply