ESTÁ CHEGANDO… A WebTV.UNEB SOU UNEB, MATO A SEDE SEM MATAR A VIDA.
dez 18

ed-93

Dica da semana

Mais um ano finda. Como de costume mais promessas, mais desejos e a sensação de renovação. Se natural ou não ninguém se atreve a afirmar, mas o fato é que fim de ano é quase sempre uma época de balanços e reflexões. Quando pensamos em tudo o que fizemos, em tudo o que prometemos fazer, em tudo o que gostaríamos de ter feito. Algumas vezes nos damos conta de que fizemos muito! Em outras, fica a sensação de que podíamos ter feito mais. Podíamos ter perdido mais a cabeça, ou podíamos ter sido mais prudentes. Ter trocado o estilo, reescrito a história… E dá vontade de mudar toda a história ou revivê-la igualzinho! Dá vontade de fazer tanta coisa! Ter sido mais presente, dado mais atenção àquela pessoa, que pode ser um parente, um amor, um amigo. Ou então, fica a sensação boa de que valeu a pena cada momento convivido, e que bom seria reviver tudo… Dar os mesmos risos, os mesmos abraços ou até derramar as mesmas lágrimas e sentir a mesma mão amiga que te apoiou. Aí a gente se pergunta: o que fazer no ano novo? Sabe-se lá o que fazer no ano novo! Talvez a dica seja simplesmente viver cada dia do ano novo, não como o ano novo, mas como um ano único e especial que não vai voltar. Dia 1° ele vai chegar. Ficará por 365 dias. Depois vai embora. E então, se você aproveitar cada dia, como um único dia, que não vai voltar, talvez no próximo fim de ano ainda haja um monte de coisas por fazer (e que bom será que haja!). Mas você terá uma certeza: que cada dia valeu, foi especial. E mesmo que nem tudo tenha dado certo valerá a pena, mais uma vez, relembrar os bons momentos, as sensações, as companhias…

Por Janine Falcão, Relações Públicas da Ascom/UNEB.

Para ler e TR na íntegra clique aqui!

Leave a Reply