LENDO PARA DENTRO É PROIBIDO FUMAR?
jul 16

ed-71

Dica da Semana

São Paulo, 1989. O telefone toca e… “Léo morreu. Suicídio….”

Assim tem início o romance Aos Meus Amigos, de Maria Adelaide Amaral. Em meio às mudanças políticas nacionais um grupo de velhos amigos se reúne. O que os motiva não é a saudade ou o desejo do reencontro, mas a morte de um dos integrantes da “família”. A partir daí o grupo se reencontra para velar o amigo e questiona: o que lhes aconteceu? O que foi feito dos sentimentos que os uniam? E daquela ideologia política que agitou a juventude do grupo? Quando eles se desencontraram?
Entre a nostalgia da juventude, angústias, incertezas os amigos revivem suas memórias. Reminiscência dos amores, das velhas crenças políticas e da amizade incondicional que, mais que felicidade, significa solidariedade e cumplicidade.

Aos que têm amigos, aos que entendem a amizade como algo valioso, a leitura vale a pena.

Por Janine Falcão

Para ver a Agenda Cultural clique aqui!


Tags:

Leave a Reply